536,3 mil acessaram os serviços do IDT/SINE de janeiro a setembro
14/10/2021

Segundo dados Base de Gestão da Intermediação de Mão de Obra do Ministério da Economia (BGIMO), de janeiro a setembro deste ano, 536.392 trabalhadores procuraram o Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT/SINE), em busca de atendimento pelo órgão. De acordo com o IDT, a procura pelos serviços vem apresentando aumento na proporção em que a retomada do crescimento econômico no Estado é sinalizada com a recuperação de postos de trabalho. De acordo com o último Caged, em agosto o Ceará registrou um saldo de 16.507 novos empregos. Para o coordenador da intermediação de mão de obra, Rubens Rodrigues, o boom de vagas temporárias geradas principalmente pelo comércio e turismo no último semestre do ano também atrai os trabalhadores para as unidades, gerando mais acessos.

 “Os números alcançados evidenciam uma melhoria significativa dos resultados em 2021, que podemos atribuir ao avanço da cobertura vacinal e a reação positiva do mercado diante da reabertura das atividades econômicas, pelo arrefecimento da pandemia”, ressalta Rodrigues.

Contabilizados também através de métricas desenvolvidas pelo próprio Instituto, os números do atendimento demonstram que a procura pelas vagas de emprego lidera a lista de acessos entre os que procuram o órgão. Somente em setembro, 21.376 pessoas foram encaminhadas para alguma das oportunidades disponibilizadas pela rede IDT/SINE.  Em nível setorial, Fortaleza concentra a maior procura pelos serviços, seguida por Sobral, Juazeiro, Pecém, Maracanaú e Horizonte.