46,3 mil trabalhadores são inseridos no mercado de trabalho pelo IDT/SINE em 2021
18/02/2022

Mais de 46 mil trabalhadores foram colocados no mercado de trabalho em 2021, pelo Instituto de Desenvolvimento do Trabalho (IDT/SINE), segundo os dados da Base de Gestão da Intermediação de Mão de Obra, do Ministério do Trabalho (BGIMO). Pelos números, também é possível mensurar a inclusão de grupos com mais dificuldade de acesso ao mercado de trabalho.

As pessoas com deficiência, por exemplo, ocuparam 835 cargos nas empresas parceiras, enquanto que 25,7% dos inseridos não possuem ensino médio completo, sendo que 144 pessoas analfabetas também garantiram emprego e renda no ano passado. Com relação à faixa etária, os indicadores revelam que quase 7 mil vagas foram ocupadas por pessoas acima de 40 anos. A maior parte das vagas está direcionada aos setores de serviços, indústria e comércio.

Com relação a gênero, a maioria das inserções foi de trabalhadores do sexo masculino, que ocuparam 27.161 dos postos de trabalho criados no período, enquanto que as mulheres obtiveram 19.177 colocações. No entanto, se analisadas as taxas de aproveitamento dos encaminhamentos para as vagas, as mulheres obtiveram um melhor resultado. De um total de 58.907 aspirantes femininas às vagas de emprego, 19.177 foram admitidas nas funções, resultado que equivale a 32 % do total, contra cerca de 30% das admissões de candidatos do sexo masculino, num universo de 90.922 encaminhamentos para as oportunidades destinadas ao gênero.

Para o presidente do IDT, Vladyson Viana, romper as barreiras que dificultam a inserção no mercado de trabalho é um desafio frequentemente enfrentado por quem opera o sistema público de emprego. “Nós abraçamos essa missão com muita determinação e os desafios nos encorajam a buscar alternativas e soluções de empregabilidade para o contingente populacional que sofre alguma discriminação. Ainda não é muito, mas aos poucos vamos avançando neste propósito, dialogando com o empregador, orientando o trabalhador, procurando ampliar as oportunidades”, ressalta Viana.

Com o avanço da cobertura vacinal e a retomada da economia, a expectativa é de que as oportunidades continuem em crescimento. Dessa forma, é preciso que os trabalhadores estejam atentos às chances, tendo em vista que há oportunidades para todos os perfis. O IDT/SINE auxilia os cidadãos cearenses nas unidades de atendimento e também através dos canais digitais, com a divulgação de vagas e o esclarecimento de dúvidas.