EDUCAÇÃO PROFISSIONAL

Projovem Urbano do Estado do Ceará
O PROJOVEM Urbano é um Programa do Governo Federal e tem como finalidade elevar o grau de escolaridade visando ao desenvolvimento humano e ao exercício da cidadania, por meio da conclusão do ensino fundamental, de iniciação à qualificação profissional e ao desenvolvimento de experiências de cidadania, tendo como público-alvo jovens na faixa etária de 18 a 29 anos de idade, que não concluíram o ensino fundamental. O programa foi concebido como uma intervenção de caráter emergencial destinada a atender parcela significativa dos jovens com o perfil socioeconômico tipificado como público-alvo, que tem necessidade de retomar a trajetória escolar e prosseguir nos estudos.
 
No Ceará, as atividades foram iniciadas em dezembro de 2008 com a assinatura do Contrato de Gestão entre o Instituto do Desenvolvimento do Trabalho – IDT e o Governo Estadual. O Programa é executado pelo referido instituto e supervisionado pelo Governo do Estado do Ceará, por meio do Gabinete do Governador e Coordenação de Políticas Públicas Estadual para Juventude, com o objetivo de alcançar resultados importantes e promissores a fim de reforçar e integrar as ações voltadas à juventude cearense. 
 
Assim, desde maio de 2009, com a primeira entrada, foram iniciadas as práticas pedagógicas em sala de aula com 3.000 jovens matriculados e 10 municípios contemplados. Em 2010, segunda entrada, 9.300 alunos matriculados, em 31 municípios. Em 2012, terceira entrada, foram contemplados 5.400 discentes, em 27 municípios. E em 2013, quarta entrada, foram contemplados 42 municípios, mais 2 núcleos em 2 unidades prisionais (Itaitinga e Pacatuba), contemplando 8.400 alunos e 200 no sistema prisional, totalizando 8.600 alunos. Em 2014, teve sua quinta entrada no estado do Ceará, contemplando 4.800 alunos, em 24 municípios.
 
O programa tem duração de 18 meses, oferece formação no ensino fundamental, cursos de iniciação profissional, aulas de informática, assim como também sala de acolhimento aos filhos dos jovens que não têm com quem deixá-los em casa, com idade de 0 a 8 anos. 
 
Ao integrar ensino fundamental, qualificação profissional e ação comunitária, o PROJOVEM Urbano busca oferecer oportunidade para que os jovens experimentem novas formas de interação, se apropriem de novos conhecimentos, re-elaborem suas próprias experiências e sua visão de mundo e sua inserção profissional.